Da parte do Robert, há apenas algumas citações novas na introdução do artigo. A entrevista é da revista Total Film feita logo após a Comic Con. Confiram:

“Eles deveriam fazê-lo como um filme pornô straight-up. Isso seria tão bom …” brinca Robert Pattinson, especulando sobre uma potencial – mas um pouco menos pura – re-filmagem futura de Twilight. Enquanto ele pode estar brincando sobre novos começos, a franquia de vampiros de bilhões de dólares está em seu fim com A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2 (para lhe dar seu título completo)
e Pattinson está em sua última rodada de imprensa de entrevistas sobre o hit monstruoso que catapultou as co-estrelas Kristen Stewart e Taylor Lautner para a mega Hollywood.

Em tempos de de Twi-rígido ou Twi-inimigo, não há como negar o impacto dos filmes adaptados do quarteto de Stephenie Meyer de romances sobre a desajeitada
adolescente Bella, seu namorado bonito e vampiro Edward e o lobisomem perdedor-no-amor, Jacob. Além de atrair uma base de fãs raivosos, os filmes também
alimentaram uma mania de sangue-sugas para a TV como True Blood e The Vampire Diaries e uma série de livros copycat. Mesmo com um romance erótico best-seller
deste ano, Fifty Shades of Grey, começou a vida como Crepúsculo, uma fan fiction…

Mas o real legado da franquia duradoura só poderia vir a ser a sua três jovens que fizeram milhões da saga. Pattinson (26), Stewart (22) e Lautner (20), entrou para a lista da revista Forbes dos artistas mais bem pagos sob a idade de 30.

Hoje Lautner é tipicamente alegre e sincero, enquanto a modesta Total Film cumprimenta Pattinson em um quarto de hotel cercado por garrafas de Vitamin (água), depois de uma overdose de café. Brincalhão, um anti-Edward de boné para trás, ele ainda teimosamente terra-a-terra e notavelmente não infectado por pela hipérbole Twilight como ele era quando TF falou pela primeira vez com ele, há quatro anos “Eu estava com medo que eu continuasse falando sobre mim”, ele explica arrumando um cigarro eletrônico. “Então eu coloquei um esforço para me forçar a estar interessado em outras pessoas, mesmo se você está lutando para chegar a um acordo com o que sua vida é.”

Entrevista com Rob

Que conselho você daria para o seu “eu” mais novo no primeiro dia de Crepúsculo?
Robert Pattinson: Literalmente na primeira tomada da primeira cena, eu tinha que correr mais e pegar Kristen. E eu quase arranquei meu músculo da bunda, meu
glúteo, porque eu agachei errado. Então, eu diria: ‘Não agachar para baixo’.

Como a experiência de Crepúsculo mudou-o?
RP: Eu sou provavelmente mais inseguro. Meu ego ficou menor [risos]. Eu pensei que era muito legal depois do primeiro. Eu terminei o filme e, pela primeira vez, eu tinha algum dinheiro. O trailer de Crepúsculo tinha saído e tem oito milhões de acessos, então eu tinha todas as melhores partes de estar em um grande filme. Tive reuniões eram as pessoas estavam dizendo, ‘Isto é a coisa nova quente, hein? “Todos deram a mínima para você, mas ninguém sabia quem você era fora dessa. Então eu passei oito meses ficando cansada com todos pensando que eu era grande. Foi muito divertido. Era diferente no início. TMZ e todo o material que estava ficando prevalente e, agora, é insano. Tornando-se grande agora, você se tornou insanamente conservador. Aterrorizado sobre tudo. Agora eu só ficar em casa.

Você manteve quaisquer lembranças dos filmes?
RP: O primeiro, eu peguei praticamente todo o guarda-roupa, porque eu não tinha nenhuma roupa até então. Houve uma entrevista que fiz – com a MTV ou algo assim - com uma super fã. Era para eu entrar e surpreendê-la, e depois de 10 segundos, ela era como, ‘Você está vestindo a mesma roupa que Edward?’ Eu tinha esquecido completamente, mas eram as mesmas roupas!

Kristen descreve-o como sendo “ridiculamente ambicioso”. Isso é verdade?
RP: Eu acho que eu quero ser … A diferença entre mim e Kristen é que ela pode fazer de um dia de trabalho e, ao final do dia ser como, ‘Eu fiz o melhor que pude, absolutamente. Satisfeita. “Considerando que eu não acho que eu já tive aquele dia em minha vida. Eu sempre ia para casa irritado e desejava corrigi-lo no dia seguinte. Eu não sei quem tem o maior ego nesse caso. Se o dela é maior porque ela acha que o que ela fez é bom, ou se o meu é maior, porque eu acho que sou tão grande que nunca vai ser bom o suficiente.

O que tem na franquia tem feito para você na sua carreira geral?
RP: Tem feito muito. Mas ao mesmo tempo, você tem que dominá-lo. Você pode afundar tão rapidamente como alguém que nunca teve isso. Não é um passe livre. Eu penso sobre como planejar cuidadosamente a rota depois. Você não pode fazer o que quiser. E se eu parar de agir, eu quero que as pessoas se lembrem minhas coisas tão interessante depois eu tenho dado o meu tempo.

Parte da entrevista de Kristen falando sobre Rob

De que forma o Robert mudou desde que começou a franquia?
Kristen Stewart: Rob é ridiculamente ambicioso. Eu vejo essa corrida e está apenas começando… especialmente agora, porque isso é tudo chegando ao fim. Eu acho que não é uma mudança, é apenas algo que vem de fora e desenvolvido.

Parte da entrevista de Taylor em que menciona Rob

Como você mudou desde que a franquia começou?
Taylor Lautner: Eu mesmo, Rob e Kristen temos crescido muito. Mas eles são as mesmas pessoas que estavam quatro anos atrás. Eles não são afetados por isso. Espero que digam o mesmo sobre mim.

Fonte – Traducao: Nana Gimenes – Equipe TTBR