Durante a conferência de imprensa de “Butter”, Ashley Greene concedeu uma entrevista para o site Daily News e vocês podem conferir a tradução abaixo!

Ashley Greene está pronta para se lançar em uma competição de esculpir manteiga na vida real.

Eu fui provavelmente um dos únicos no set que não chegaram a esculpir,” lamenta a bela de 25 anos. Em “Butter”, que estreia dia 5 de Outubro, ela interpreta uma adolescente de cidade pequena envergonhada por seus pais (Jennifer Garner e Ty Burrell), que ganham o título de esculpir manteiga todo ano em Iowa.

Eu estou trabalhando ativamente em conseguir alguém para competir comigo em um show ou algo assim, porque eu preciso me adaptar com o resto do elenco,” ela diz, posicionada em uma suíte ensolarada no sétimo andar do Crosby Street Hotel em SoHo. “Todos já disseram que seria um prazer, mas eu nunca cheguei a fazer.

Talvez ela esteja muito ocupada espalhando o amor com sua linda co-star Olivia Wilde. As duas compartilham uma cena de sexo quente em um clipe que tem feito fãs não-Twihard ficarem quentes e conturbados.

Ela ainda é meu melhor beijo em tela,” diz Greene, que admite que elas fizeram inúmeras tomadas até conseguir as carícias e beijos em “Butter”. “Nós simplesmente fomos, e acabou sendo realmente divertido.”

Não que todo homem não queira beijá-la de qualquer maneira, mas agora, para dar à eles uma motivação extra… sim,” Greene sorri. “Ela beija muito bem.

A atriz está cravando os dentes em papeis ainda mais carnudos, agora que sua tarefa de quatro anos como Alice Cullen, melhor amiga de Bella, na Saga Twilight chega ao fim. “Breaking Dawn: Part 2” estreia 16 de Novembro.

Eu tenho uma carreira e uma base de fãs, que aconteceu quase durante a noite,” she estranha, lembrando como ela andava pelas ruas em busca de emprego e tentava modelar para pedir dinheiro emprestado. Muitos diretores de elenco afirmaram que os 1,65cm de Greene era muito baixo antes de ela entrar para o elenco da primeira parcela de “Twilight”, mudando sua vida.

Será triste no próximo ano quando não tiver outro, mas também é animador,” Greene diz. “‘Twilight’ abriu um monte de portas e oportunidades e ter o tempo para ir e fazê-las, vai ser legal.

Proximamente: a cinebiografia “CBGB,” onde ela interpreta Lisa, a filha do legendário fundador do clube de rock, Hilly Kristal (interpretado por Alan Rickman). Greene diz que Lisa é “muito mais agressiva do que qualquer outro personagem que já interpretei antes.

Ela é uma nova-iorquina, e isso em si é uma carga pesada para assumir,” adiciona Greene, que vive em Los Angeles. “Mas também, Linda ainda está por perto. Eu falei no Skype com ela, e ela foi ao set, e ela estava me mostrando fotos e me contando histórias sobre Hilly.

Greene apreciou a ajuda. “Normalmente você não consegue arrancar nada da pessoa bem em frente à você,” ela diz. “Mas também é angustiante, porque você quer fazer bem por eles.

Ela está com medo, no entanto, alguns de seus papeis dos sonhos já foram tomados.

Eu sempre quis fazer um filme de época,” ela diz. “Infelizmente, eles são muito caros. Se Kirsten Dunst já não tivesse interpretado Maria Antonieta, seria o ideal.

 Fonte | Tradução: Mariana –Via