Nikki Reed se juntou a Axe na campanha Showerpooling (campanha que dá dicas para a conservação de água, onde uma das dicas é:  tomar banho com alguém especial, economizando assim esse recurso).  Por causa dessa campanha, ela esteve na ‘University of Southern California’ , no dia 2 de outubro, e depois de trabalhar com a equipe da Axe, dando dicas aos estudantes, instalando chuveiros econômicos por uma das fraternidades da universidade, ela conversou com o site Wonderwall sobre  seu casamento, dar “adeus” a Saga Crepúsculo, seus projetos e claro seus hábitos no banho. Confiram a entrevista a baixo:

WW- Então o que exatamente significa “Showerpooling”?

Nikki- A ideia por trás de ”shower pooling” é que mais de uma pessoa tome banho ( juntas). Então é divertido! Não é difícil tomar banho por menos de cinco minutos. Hoje nós estávamos em uma fraternidade – minha primeira experiência em uma fraternidade- Eu acho que eu  realmente perdi essa experiência! Nós estávamos instalando duchas mais eficientes e tentando ensinar as pessoas como economizar água. O que eu também estou aprendendo, na verdade.

WW- Você e seu marido ”shower pool” ( tomam banho juntos) em casa?

Nikki- Eu e o Paul fazíamos isso até antes de eu ter conhecimento dessa campanha, como vários recém - casados fazem. Então já era algo que eu fazia inconscientemente.

WW- O que mais você faz para economizar água em casa?

Nikki- Essa manhã por exemplo, eu tive que acordar as 5:30, o que nunca é divertido, para arrumar o cabelo e fazer maquiagem. É  muito fácil quando você levanta tão cedo, e está cansada, querer ficar no chuveiro por vinte minutos, porque é difícil acordar, de fato. Então, eu fiz um esforço para que isso não acontecesse. Obviamente, eu não tomo  mais banho de vinte minutos.

WW- Como você tem apreciado a vida de recém- casada?

Nikki- É boa! Tem um ano! É boa! Eu tenho trabalhado muito e ele também tem trabalhado bastante. Então, eu sinto que seja  maravilhoso o fato de ambos termos achado alguém que  tanto admira o ”bem estar” do trabalho do outro. É realmente fácil  ser solidário com isso. Eu viajo com ele o tanto quanto eu posso, e vice versa.  Então, tem sido maravilhoso. Caso contrário, se nós não tivéssemos nos visto tanto esse ano, poderia ter sido um pouco desastroso para o nosso primeiro ano de casados. Por isso fizemos questão de fazer a outra pessoa uma prioridade.

WW- Você e o Paul gravaram uma música juntos no ano passado. Nós podemos esperar mais músicas de vocês dois no futuro?

Nikki- Nós estamos gravando nosso EP agora. Será lançado na primeira semana de novembro. É só nós dois. As músicas são todas duetos. Nós escrevemos todas as músicas juntos. Ele achou meu esconderijo de poesias, e então ele realmente brinca com isso as vezes.  O EP é meio folk. É bem acústico, bem simples. É como se você sentasse e assistisse a nós dois cantando na nossa sala. Isso foi o que eu queria que o EP soasse. Eu não quero que o EP soe como algo além do que soa quando eu estou sentada na minha sala, porque eu não quero  tentar fazer disso algo que não é. Nós fizemos isso porque nós nos divertimos fazendo e porque nós amamos um ao outro, e não porque eu acho que eu seja uma estrela do rock. Então eu não quero que mexam na minha voz. Eu só quero que soe realmente cru e real, e seja o que realmente é.

WW-  A premiere de Amanhecer –  Parte 2 está chegando, como você se sente?

Nikki- Eu não estou feliz por ter acabado. Eu me sinto triste por ter acabado. Eu não estava esperando ficar tão triste, porque nós temos falado desse final por tanto tempo. Sempre foi algo distante que ia gradualmente nós alcançando. Eu não me sinto triste pelo elenco porque eu sei que vou vê-los. Eu estou triste  porque nunca verei grandes grupos de fãs como esses. Toda essa experiência chegará ao fim. Eu sei muito bem que esses filmes só são um sucesso, inteiramente, por causa dos fãs.  Se nós não tivéssemos eles, nós não teríamos nada. Eu sinto como se fosse importante expressar gratidão. Essa é a única vez que eu tenho que fazer isso. Então isso é a coisa triste sobre esse filme. Também estou triste de deixar minha personagem para trás… mas não minha peruca, e minha lente de contato. Eu digo isso numa boa!

WW- Você manteve contato com seus colegas de elenco durante o recesso?

Nikki- Nós não deixamos de ver um ao outro. Nós só deixamos de promover o filme. Nós todos tentamos ver um ao outro, quando podemos.

WW- O que faz os fãs de Crepúsculo tão especiais?

Nikki-  Tem essa energia que vem deles, quando eles todos se conectam por um projeto especifico. Tem tanta paixão no jeito que eles se conectam um com outro. É tipo como se uma comunidade fosse formada, e você sente como se eles todos conhecessem um ao outro. Não vai ser o mesmo!

WW- Você falou sobre como ter que descolorir os cabelos para a Rosalie danificou seu cabelo, mas agora parece tão saudável. Qual é o seu segredo?

Nikki- Foi brutal! Minha mãe é cabeleireira, então eu cresci com ela me dizendo que era ruim para seu cabelo lava-lo todo dia. Então eu sempre fui o tipo de garota que lavava o cabelo, duas ou três vezes na semana, por causa da oleosidade natural, que é boa para o cabelo. E também eles secavam e  passavam chapinha demais no meu  meu cabelo (pelo personagem), então estava realmente detonado. Quanto mais umidade eu puder manter, melhor.

WW- O que mais você faz para mantê-lo bonito?

Nikki-  As pessoas que mexem no meu cabelo sempre são as mesmas, então elas se importam com ele. Quando você vai em diferentes pessoas e elas não conhecem seu cabelo, as vezes elas puxam,repicam,cortam e de repente você está careca. Quando você vai em pessoas que te vê a todo momento, elas amam seu cabelo o tanto quanto você, então elas o tratam melhor.

WW-  Nós todas sabemos quem realmente faz as compras quando se trata de produtos para o banho.

Nikki- Mulheres fazem as compras.

WW- O quanto de palpite você dá nos produtos que seu marido usa?

Nikki-  Paul é bem natural. Ele não usa muitos produtos. Ele meio que  chegou com um produto de cabelo que ele usa, e que é obcecado. Ele mesmo compra e estoca, porque ele aprendeu como comprar no site da Amazon. Não é tipo de coisa pra mulheres! Isso dá certo com ele. Ele é bem simples.

WW- Que cheiro você gosta nos homens?

Nikki- Quando um homem passa e está cheiroso, é de virar a cabeça que nem quando uma mulher usa uma saia curta(para homens). Caras cheirosos, te fazem se perguntar, “Quem é esse?”…Mas tudo tem que ser usado com moderação!

WW- Dizem que cheiro é um fator chave na conquista. Foi isso que te chamou atenção no Paul?

Nikki- Você sabe que ama alguém quando você ama o cheiro dele. Isso é o que eu acho. Isso é como ter química corporal. São os feromônios.

WW- Você está também lançando uma linha de jóias, Mattlin Era, com os Pascal Mouawad da Glamhouse. Como isso aconteceu?

Nikki-  Eu queria uma pessoas que se sentisse tão entusiasmada quanto eu estava com a ideia de criar algo. Eu queria que dissessem, ” Eu confio que você tenha sua própria visão, e  com isso nós não precisamos de alguém com visão (para desenhar a coleção), e depois só colocar seu nome nela,” porque eu nunca poderia fazer isso – especialmente com algo tão pessoal como joias ou roupa. A linha é bem pessoal, e tem uma história atrás de cada peça. Todas peças estão conectadas com minha família e pessoas que me inspiram.

WW- Como é a coleção inspirada na sua família?

Nikki- Tem uma peça inspirada na minha mãe. É esse bracelete, que eu estou usando agora. Tem uma inspirada no Paul. mas as histórias por trás das peças são bem simples. Eu queria fazer algo que pudesse ser algo usado em qualquer ano, sem necessariamente estar envolvido com o fato de ‘estar na moda’. Eu sempre me inspirei muito na minha avó, que é uma artista. Eu fui até o celeiro dela, que é o local que ela meio que esconde o seu trabalho. E eu me senti inspirada por alguns dos temas, e eu queria criar algo que viesse disso. Desde criança, eu era obcecada em desenhar girassóis, e eu nunca soube o porque. Eu fui ao estúdio da minha avó e vi mesas com vários girassóis que ela fez, e eles são parecidos com os meus. Eu não sei se é algo do subconsciente, tipo: aos dois anos de idade, eu corria por lá,  via isso, e consequentemente guardava na memória. Mas desde que eu tenho 3 anos, eu desenho essas coisas. Sempre foi minha escolha. Então realmente sinto-me  conectada com minha avó e muito da sua arte.

Fonte - Tradução: Equipe NikkiBrasil