POPULARIDADE: Livros de Stephenie Meyer já venderam mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo; adaptações cinematográficas gigantescas batem recordes nos cinemas e em DVD, Eclipse fez 300 milhões de dólares no mercado interno.

Seguidores do Facebook: 35,2 milhões

Seguidores do Twitter: Mais de 1 milhão

NICKNAME FAN: Twi-hards, Twilighters, Team Edward, Team Jacob

Pontos de encontros PRINCIPAIS: YouTube, onde Twi-hards como “nuttymadam3575″ podem postar vídeos chorando, e Twilighted , onde floresce um fã de ficção ( “50 Tons de Cinza” tem o seu início como uma fanfiction de Crepúsculo).

Idade média: Adolescentes e mulheres na faixa dos vinte anos que gostam de ficção romântica por ter alguma faísca sobrenatural.

PERFIL DEVOCIONAL: De vez em quando, Hollywood lembra de que os jovens não são os únicos que vão ao cinema em massa. Foi o que aconteceu em 1997, quando o Titanic se tornou um sucesso de público cruz-demográfico que, todavia, ganhou mais de um agradecimento para repetir negócio de mulheres jovens. Ainda assim, a lição realmente não
afundou até 2008, quando o primeiro filme da Saga Crepúsculo arrecadou impressionantes 192 milhões de dólares de um público que era quase exclusivamente feminino.
O primeiro filme foi bem cronometrado, chegando ao pico febril de popularidade para a série de livros de Meyer, e isso fez três superstars, as próximas três sequências fariam ainda melhor, ganhando cerca de 300 milhões de dólares cada. Studios que tinham sido anteriormente caça para a próxima franquia de Harry Potter, agora modificaram sua busca: Talvez, se eles seguiram os hábitos de leitura ávidos de mulheres jovens, que conseguiram encontrar o fenômeno no livro para o filme seguinte na sua infância.

O que tem na saga Crepúsculo que provocou o público? Em parte, é a forma como flertam a série com sexo (a transição sangrenta de humano para vampiro é uma metáfora para a perda da virgindade), enquanto ainda permanece casto o suficiente para que os fãs mais jovens desenhem … pelo menos até que Edward e Bella têm sua noite de núpcias. Mas Meyer foi inteligente para atiçar seus fãs apaixonados com o triângulo amoroso central, entre Bella e seus galanteadores Edward e Jacob, quando as linhas de batalha foram traçadas online entre aqueles que estavam no Team Edward e os do Team Jacob, que só aumentou o vínculo entre o leitor (ou espectador) e história de Meyer. Os fãs Crepúsculo são tão ardentes, de fato, esses totós na Comic-Con tiveram que começar a entalhar seus painéis de Crepúsculo no início da convenção para atender os Twi-hards, que fazem fila regularmente até dias de antecedência para o painéis de franquia do filme, inundando os fãs menos dedicados de filmes da Marvel e outros quadrinhos que quebram recordes. Essas bases masculinas de fãs se irritaram com a intromissão, mas é melhor que se acostumem com isso: o sucesso recorde de Crepúsculo na lista dos mais vendidos, na bilheteria e em DVD é apenas o começo de uma dominação feminina com vigor do gênero, não uma anomalia.

Fonte – Tradução: Nana Gimenes – Equipe TTBR