Confiram baixo os scans da revista “SFX”, e a entrevista traduzida concedida por Robert Pattinson e Kristen Stewart.

image host image host image host image host

“Se você tem uma equipe de cabo boa, então você vai ficar bem…” Robert Pattinson, o Edward Cullen.

Qual foi o momento mais emocionante de toda a saga? E o que foi mais difícil?
Na primeira, quando Bella está no hospital e ela diz: “Não me deixe de novo,” e eu digo “Onde é que eu vou ir?” Eu ainda acho que é a minha cena favorita, talvez porque nós fizemos as falas. Em todos os filmes depois, que era inédito. Todo mundo estava tão militante, como: “Tem que ser a partir do livro.” O mais difícil? Provavelmente cena do nascimento – principalmente porque foi hilário e que era suposto ser sério. Houve uma cena onde eu tinha que puxar o bebê para fora, e eu não tenho que ser capaz de chorar porque sou um vampiro, mas estou chorando porque eu estava rindo muito.

Você se preparou de forma diferente para o físico na parte dois, né?

Filmamos o material da batalha no final, e eu estava totalmente fora de forma nesse ponto! Mas para o combate do filme, você não tem que estar em forma, porque não é realmente como uma luta normal. Estou muito mal coordenado, por isso é fácil para mim fazer. Quando você está dando um soco, ele tem que ser tão forte, a maioria das pessoas usam box para parecer enorme, acaba soando meio falso. Mas eu geralmente posso fazê-lo em um ou dois takes enquanto todo mundo que está em boa forma física tem que fazer 10, o que é ótimo. A única coisa chata é o material – mas se você tem uma equipe boa, então você vai ficar bem.

Então você sabe qual a melhor equipe de cabo para trabalhar agora?
Há duas pessoas que são realmente boas nisso. A maioria das pessoas acha que pode configurar uma seqüência de ação e dizer: “Ok, vamos fazê-lo com cabos”, mas todo mundo vê que é com cabos, por isso é chato. Você olha para estas sequências de 10 milhões dólares onde eles estão usando tantos cabos e outras coisas, é chato. Não é nada. Não estou entendendo. É o mesmo que CG: eles gastam $ 20 milhões em CG, e é como, “Legal, parece um videogame bem feito.”.

O que você mais sente falta da franquia?
Há algo incrivelmente familiar sobre onde você sabe que todos, que é a antítese do que você normalmente tem em um set de filmagem. Quando você sabe que as pessoas – é bastante agradável. Mas, novamente, uma das grandes coisas sobre atuar é que você pode deixar todo mundo para trás!

“Não há nada mais forte do que uma mulher protegendo seu filho” Kristen Stewart, a Bella.

Quão diferente é a Bella como vampira?

Para mim, Bella sempre foi honesta e emocional por causa disso, às vezes é irregular, e desesperada e estabanada. Portanto, uma vez que ela é, finalmente, uma vampira, ela se sente muito bem. O fato de que, como um vampiro que você pensa a mil por hora, nada jamais vai ser outra coisa senão decisivo. Além disso, ela tem essa natureza, feroz de proteção – não há nada mais forte do que uma mulher protegendo seu filho. Então, tudo o que ela é como uma vampira é infundida com as coisas que a fizeram grande como um ser humano. Mas ela é muito nova nesse mundo animal, jovem e está tentando descobrir como usar as ferramentas que lhe foi dada. É como uma pessoa de 12 anos de idade recebendo um carro esportivo de seis velocidades e sendo assim, “Uau!”

E sobre os desafios de um ponto de vista físico? Você atuou mais forte?
Sim, eu queria me sentir tão forte, mas, obviamente, você não pode. Você tem que fingir que certas coisas. Eu gostava de ser capaz de rodar em terra – não em esteiras – obter espaço real por trás de mim. Havia diferentes maneiras de olhar realizadas forte e rápido, e minhas partes favoritas foram as que realmente pode fazer.

O que você fez para mudar sua aparência como uma vampira?
Bem, vestindo vestidos de Alice depois de se tornar uma vampira, porque Bella é tão focada em outras coisas, como ter o auto-controle para não rasgar a garganta de qualquer um, embora que seja muito fácil para ela. Mas dentro de escolhas ridículas de Alice, tudo é funcional, suas roupas são muito simples – e então ela vai e usa algum par aleatório de botas de salto alto, e você vai ser como, “O que você está fazendo? Isso é estranho.”

Vocês estão preocupados com o final de Crepúsculo, o que fazer a seguir? 

As pessoas sempre falam sobre o fato de que eu fiquei super-duper famosa em Crepúsculo, mas se as pessoas que amam os livros têm dificuldade em ver-me em outras partes, é um grande elogio. Eu entendo isso. Tenho orgulho de Crepúsculo e espero que as pessoas continuam falando sobre isso.

Via|Tradução: Nana Gimenes – Equipe TTBR