Segue abaixo uma nova entrevista traduzida de Robert Pattinson e os scans da revista Cineplex, onde ele fala um pouco sobre o casal Edward e Bella, o diretor Bill Condon e mais. Confiram!

image host image host image host image host image host image host

Robert Pattinson estava esperando sua vida mudar este ano – mas não tão radicalmente quanto mudou, é claro. Com a abertura deste mês do último filme da saga, Amanhecer Parte 2, o ator de 26 anos estava esperando por uma pausa das fãs frenéticas e fotógrafos que o obrigou a calcular cada movimento seu por mais de quatro anos. E que a fama trouxe loucura por interpretar o atraente vampiro Edward Cullen, mas provavelmente vai diminuir. Mas desde que  e separaram – e então, talvez, voltaram a ficar juntos – com seu amor na tela e na vida real, Kristen Stewart, no início deste ano, a vida de Pattinson tem sido alvo de ainda mais intenso, e certamente mais por escrutínio pessoal, tablóides e Twihard especulando mais do que nunca. Falando em Beverly Hills, se espalhou a notícia do caso de Stewart com Rupert Sanders, o diretor casado de seu filme “Branca de Neve e o Caçador”, o Pattinson desconhecido estava apenas preocupado com o que seria a vida sem a franquia de filmes que fizeram dele um galã internacional. Ao invés de um sentimento de alívio iminente, porém, ele expressa a ambivalência sobre o fim iminente da era extremamente intensa.

“É quase como uma fase de minha vida que acabou”, diz o Pattinson sempre cordial e estranhamente bem penteado. “Ainda sinto que Crepúsculo é como uma parte de mim. Mas o que é bom saber é que eu posso relaxar um pouco. Tipo, eu sempre tive que fazer outro filme entre os filmes de Crepúsculo, e agora eu não tenho mais até eu encontrar o que eu realmente quero fazer, sem um limite de tempo.”

“Mas, também, a rede de segurança de ter um outro filme da saga para fazer a cada ano se foi”, Pattinson diz, ciente de que a maioria de seus outros filmes (Little Ashes, Remember Me, Bel Ami, Cosmopolis de David Cronenberg) não renderam muita bilheteria. ”Então, é um sentimento estranho, eu realmente não sei como me sinto sobre isso ainda.”

Havia uma sensação semelhante de incerteza durante as filmagens de Amanhecer (ambos os capítulos foram rodados simultaneamente em Louisiana e British Columbia, do diretor Bill Condon). Enquanto parte contou com o casamento e tão esperada consumação de Edward “mortos-vivo” Cullen e Bella “amor mortal” Swan, também nos presenteou com a estranha gravidez e o parto mais angustiante visto desde que Rosemary teve seu bebê.

Na parte 2, Bella é agora uma vampira e mãe de um bebê crescendo rápido… bem, é difícil dizer exatamente o que é. Mas é do sexo feminino e os pais orgulhosos a nomearam de Renesmee. A existência da garota leva os Volturi – o clã vampírico internacional que rege o restante, se você preferir – prepara um esforço total para tomar posse da criança.

No entanto, Pattinson diz que achou as cenas dos pais, em vez de os confrontos sangrentos entre diferentes facções de vampiros e lobisomens desencadeados pela existência de Renesmee, as partes mais difíceis do filme Crepúsculo.

“Vendo Edward e Bella com uma criança, é meio louco”, diz ele. “Vê-los levantar um bebê e de repente uma menina de 11 anos de idade, no âmbito de um filme é uma das coisas mais estranhas que eu já vi na minha vida. Foi incrivelmente estranho de interpretar também. Eu não acho que há realmente nenhuma maneira que você poderia se relacionar com algo assim, eu acho que eu só estaria aterrorizado o tempo todo.

“Felizmente Mackenzie Foy, que interpreta minha filha e de Kristen, foi simplesmente fantástico. Mais uma vez, acho que vai ser algo que você nunca viu “.

Pattinson também elogia o diretor Condon (Kinsey, Dreamgirls) por fazer ele e Stewart se sentirem mais colaboradores do que nunca, e para deixá-los saber que ele estava, por vezes, estranhando história como eles estavam.

“Quero dizer, eu nunca trabalhei com um diretor que compartilhou suas idéias fracassadas, ou as idéias que ele realmente não quer fazer, apenas no caso,” Pattinson lembra. “Ele saiu de seu lugar para mostra a mim e a Kristen como era fazer parte do processo criativo.”

No final, Pattinson está feliz por ter se livrado de Edward e a bizarra Bella, uma tumultuada história de amor para o mundo todo ver. “Eu realmente gostei do arco do relacionamento”, diz ele. “Você chega ao fundo do poço no meio. Então, chegar a este momento deles serem totalmente apaixonados e tudo está ótimo. Então você começa o a puxar o tapete para fora novamente. Você normalmente não vê isso.

“Mas eles nunca estão felizes, normalmente”, acrescenta.

Por outro lado, Pattinson é gracioso, mas decididamente inclinados aos problemas de Stewart em público. Ao longo de seus quatro anos juntos, nem reconheceu que eram um casal até Stewart pedir desculpas aos Pattinson por sua infidelidade através de um comunicado de imprensa. Até o momento, parecia que o casal estava de volta juntos – mas que foi baseado em citações de fontes anônimas e relatos de móveis ser transferida de uma casa para outra. Os céticos se perguntam se eles estavam apenas jogando bonito para ajudar na máquina de marketing de Crepúsculo funcionar sem problemas.

Independentemente disso, uma coisa Pattinson vai perder sobre os bons velhos dias de Crepúsculo, estar trabalhando no Canadá, que é onde os últimos quatro filmes de Crepúsculo foram filmados em grande parte.

Algo sobre isolamento, parece.

“Squamish [BC, fora de Vancouver] é um lugar incrível para filmar”, conta Pattinson, entusiasmado. “É um dos melhores lugares que eu já trabalhei, porque não há ninguém por perto! Você é livre para fazer o que quiser, basicamente. “

Ou talvez tenha canadenses “indiferença, o que para uma estrela pode simplesmente parecer boas maneiras.”

“E Toronto é uma das minhas cidades favoritas”, continua Pattinson, que filmou em Cosmopolis lá “Eu tinha um monte de diversão – e também porque as pessoas são do tipo de te deixar sozinho. Isso é algo que eu realmente aprecio sobre o Canadá. “ Não vamos quebrar seu coração.

 

Via|Tradução: Nana Gimenes – Equipe TTBR